Gleisi Hoffman a Amanda Rodrigues: “Eu espero que possamos caminhar juntos em João Pessoa e na Paraíba”

Em live realizada no início da noite desta terça (16/06), da qual participaram a deputada federal Gleisi Hoffman (PT-PR), e a ex-secretária de Finanças do governo Ricardo Coutinho, Amanda Rodrigues, ficou explícita a preferência da presidenta nacional do PT por uma aliança na Paraíba com o PSB.

Durante quase uma hora de conversa e troca de ideias, Gleise e Amanda começaram tratando da perseguição a Lula, na destruição da política e de como isso resultou na eleição de Jair Bolsonaro.

Fora da política tem a barbárie. A negação da política, a criminalização da política resultou em Jair Bolsonaro. O Brasil está pagando um preço altíssimo que é ter essa pessoa presidindo o país. Uma pessoa autoritária, que não tem responsabilidade, que não está capacitado para govenar, está jogando o Brasil no caos, que não se preocupa com a vida das pessoas. Esse é o principal resultado se Sérgio Moro”, disse Gleisi.

As duas fizeram duras criticas ao governo Bolsonaro, à ausência de política de apoio aos mais pobres, à preservação do emprego e das empresas durante a pandemia de coronavírus.

Depois, avaliaram o quadro eleitoral que, segundo a presidenta nacional do PT, será fortemente marcado pela crise sanitária e econômica. Para Gleisi Hoffman, as eleições serão uma oportunidade dos partidos de oposição se dirigirem ao povo brasileiro, e certamente serão ouvidos porque as pessoas começaram a perceber que do jeito que está “nós não vamos conseguir vencer a crise.”

Para Hoffman, a eleição de 2020, apesar de ser municipal, terá uma forte influência do componente nacional por conta da “desestruturação do Brasil”, que começou quando, ainda no governo Temer, foi aprovada a “PEC do teto do gasto público”, que foi apoiada e mantida por Jair Bolsonaro. Só do SUS, foram retirados mais de R$ 20 bilhões de reais desde 2017, dinheiro que está fazendo falta hoje.

Gleisi usou uma expressão que mostra que as alianças no campo da oposição progressista são uma necessidade: “E, claro, caminharmos juntos com os partidos irmãos, aqueles partidos que fazem oposição ao governo Bolsonaro e que já caminharam juntos na eleição se 2018.”

Gleisi Hoffman fez uma menção direta ao “PSB da Paraíba, do ex-governador Ricardo Coutinho, que sempre foi muito aliado”, certamente lembrando dos momentos mais difíceis pelos quais o PT atravessou depois de 2015, que teve no então governador paraibanos um aliado correto e leal, inclusive no apoio à candidatura de Fernando Haddad na eleição presidencial.

“Eu espero que possamos caminhar juntos em João Pessoa e na Paraíba”, disse Gleisi Hoffman, que sem a menor sombra de dúvida, fala também em nome de Lula.

Ao aceitar o convite de Amanda Rodrigues, que é apontada pela imprensa como uma das possíveis candidatas do PSB à Prefeitura de João Pessoa, e declarar que defende a manutenção da unidade do campo progressista, Gleisi Hoffman deixa claro que a estratégia do PT nacional, principalmente em João Pessoa, é manter a aliança com o antigo aliado.

O vídeo da live pode ser conferido nesse link do Instagram.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: