BOLSONARISTA NEY SUASSUNA ASSUME O SENADO: acordo de João Azevedo com bolsonarismo está consolidado

Ney Suassuna assumiu o mandato de Senador essa semana com o pedido de licença de Veneziano Vital do Rego, abrindo assim mais uma vaga na Casa, onde o presidente tem encontrado mais resistência ao seu projeto autoritário.

A revista Crusoé, do grupo do qual faz parte o site de ultra-direita O Antagonista, antecipou no final de junho a volta de Ney Suassuna ao Senado com uma manchete que é auto-explicativa: “Reforço na base”.

Ney Suassuna é paraibano só na Certidão de Nascimento. Sua vida social e todo patrimônio pessoal e de suas empresas estão no Rio de Janeiro.

Como sempre acontece com gente muito rica que deseja entrar para a política, Suassuna se candidatou à suplência de Antônio Mariz, em 1990, e, sem ter tido um voto sequer, assumiu a titularidade do mandato quando Mariz passou a ocupar a cadeira de governador, em 1995 (5 anos depois, foi a vez de Roberto Cavalcante assumir a vaga de José Maranhão).

Em 1998, Suasuana se elegeu por uma margem apertadíssima, derrotando Tarcísio Burity, que fez campanha doente em casa.

Em 2006, levou uma surra nas urnas e, desde então, quase não foi mais visto na Paraíba. Em 2018, voltou a aparecer e “aceitou” o convite de Veneziano Vital do Rego para ser suplente, voltando a fazer o caminho mais fácil de volta à política que é reservado a ele pela riqueza que dispõe.

Em 2018, fez campanha para Jair Bolsonaro, tendo sido cotado, inclusive, para ser candidato a vice-presidente na chapa do “amigo”. Preferiu, segundo ele próprio, “disputar” o Senado.

Filiado hoje ao PRB, que apóia a candidatura de Cícero Lucena em João Pessoa, a ascensão de Ney Suassuna na vaga desse outro anão político, Veneziano Vital do Rego, consolida esse deslavado acordo do grupo de João Azevedo com o bolsonarismo em apoio ao projeto autoritário e entreguista de Jair Bolsonaro.

O povo saberá dar uma resposta a esse acordão despudorado.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: