Bolsonaro quer privatizar o SUS: você vai deixar?

A pandemia de coronavírus já matou quase 160 mil brasileiros/as. Agora, imagine se o SUS não existisse, para ter atendimento de saúde, você tivesse que ter plano de saúde ou fosse obrigado a pagar pelo tratamento, que, em alguns casos de doentes de Covid-19, exige semanas na UTI.

O resultado é que muito mais gente teria morrido, não é mesmo?

Pois é bom que comecemos a nos preocupar com a manutenção do SUS, um sistema que hoje dá direito a um antendimento de saúde universal e gratuito.

Ontem, Jair Bolsonaro e seu ministro da economia, Paulo Guedes, assinaram o decreto 10.530, que autoriza estudos para que parcerias sejam feitas para que Unidade Básicas de Saude do SUS sejam construídas e operadas por empresas privadas.

O presidente do Conselho Nacional de Saúde, Fernando Pigatto, chamou a medida de arbitrária e privatista.

Nós, do Conselho Nacional de Saúde, não aceitaremos a arbitrariedade do presidente da República, que no dia 26 editou um decreto publicado no dia 27, com a intenção de privatizar as unidades básicas de saúde em todo o Brasil.

Veja abaixo o vídeo com a declaração de Pigatto.

Por isso, a eleição de 2020 é tão importante para salvarmos o Brasil do bolsonarismo. E a primeira atitude é identificar os candidatos a prefeito de João Pessoa e partidos que apóiam Jair Bolsonaro e seu governo.

Você vai notar que sobrarão poucos.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: