Agassiz Almeida desafia Operação Calvário a debater publicamente seus métodos

O professor de Direito Constitucional, Agassiz Almeida, estreou no mundo das lives.

Fez isso para manifestar seu estranhamento em relação à atitude da Associação Paraibana dos membros do Ministério Público que procurou, e conseguiu, o apoio de Associação Nacional da categoria para processar o professor por suas críticas à Operação Calvário, para ele, uma operação que usa métodos lavajatistas.

Agassiz deixou claro que suas críticas nunca foram ao Ministério Público, mas a determinadas ações de membros da instituição que atuam na Operação Calvário. Além desses esclarecimentos, e depois de dizer que seja uma demonstração de humildade aceitar o debate sobre suas críticas, o professor desafiou a Operação Calvário para um debate público sobre o que considera ser inconstitucional e, portanto, ilegal nas ações dos promotores envolvidos na rumorosa operação.

Eis uma boa pauta para a nossa imprensa, sobretudo a do rádio. Interessa ou não à sociedade conhecer o trabalho de alguns membros do Ministério Público e debater procedimentos que tantos especialistas em Direito, não só Agassiz Almeida, criticam.

Resta saber se a alguma rádio toparia esse debate, e se a Operação Calvário aceitaria debater seus procedimentos.

Veja abaixo o trecho da live em Agassiz faz seu desafio.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: