João Azevedo usará o PT até quando?

João Azevedo declarou o que segue abaixo. É o entendimento que o governador tem do maior partido da esquerda brasileira, o PT:

“O PT, hoje, é usado como instrumento de vingança por umas pessoas (Ricardo) que chegaram ao PT muito mais como instrumento de vingança contra Governo do Estado do que com um objetivo político. Eu espero o apoio do PT, principalmente na aliança majoritária”.

Freud explicaria o termo “vingança” usado pelo atual governador, um reconhecido traidor, uma Judas Calabar, como o nomeou Amanda Rodrigues em texto publicado em suas redes sociais e no portal Brasil 247, hoje (leia clicando aqui).

A entrevista, ressalte-se, foi concedida a um dos maiores expoentes do jornalismo antipetista da Paraíba, Anderson Soares, que a Secom de João Azevedo continua a financiar, o que, por si só, é revelador do caráter e do perfil ideológico do atual governador da Paraíba. Não por acaso, João Azevedo optou pelo Cidadania, uma anão tucano, uma espécie de sublegenda do PSDB.

João Azevedo, Aguinaldo Ribeiro e Cícero Lucena. Juntos em nome de quê?

Para João Azevedo, Anísio Maia e sua turma são apenas um braço político, uma linha auxiliar para dar tinturas de esquerda ao projeto regressista e oligárquico, atualmente em curso na Paraíba. E essa turma, que ainda se diz petista, é muito bem aquinhoada para cumprir esse vergonhoso papel. João Azevedo lembrou isso na entrevista:

“O governador ressaltou que o partido compõe o governo com uma das secretarias mais importantes (Agricultura) e tem o apoio de lideranças importantes do partido, a exemplo do deputado federal Frei Anastácio e do deputado estadual Anisio Maia.”

O que Anísio Maia e Cia dão em troca? Votos? Não, porque o raquitismo político dessa turma já entrou para o folclore político da Paraíba. Eles só tem a vender Lula, a imagem do ex-presidente, e usá-lo como arma diveresionista, já que o PT, seu tempo de televisão e seu fundo partidário, eles já não controlam mais.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: