Liberar geral de João Azevedo fez casos de Covid voltarem a explodir

Era mais que previsível que a opção pelo libera geral das festas particulares, ou seja, dos shows pagos em ambientes fechados onde o coronavírus se propaga com maior facilidade, daria no hoje estamos acompanhando: o aumento exponencial dos número de casos de internação e mortes do Covid.

Como mostra o gráfico abaixo, no final de dezembro, o número de novos casos de Covid era irrelevante do ponto de vista estatístico, mas a nova variante Ômicron já circulava pelo país e todos no governo da Paraíba sabiam da capacidade de transmissibilidade dela.

O gráfico mostra a situação de controle no final de dezembro e o aumento vertiginoso de casos de Covid ao longo de janeiro.

Mesmo assim, João Azevedo não contou conversa e editou um decreto em que, ao mesmo tempo que proibia festas em lugares públicos, liberava geral para os empresários donos de casas de shows, mostrando assim seu tamanho como político e como administrador.

No final do mês, a conta dessa irresponsabilidade e de falta de comprimento com a saúde da população chegou. De 40 casos diários em 28 de dezembro, a Paraíba saltou para 3.166 um mês depois.

Não foi por falta de aviso.

E tudo isso para agradar a quem? A alguns poucos donos de casas de shows, sobretudo dos aliados do governador na cidade de Cabedelo, irresponsabilidade que agora colocam em risco os esforços de toda a sociedade para uma volta à normalidade que nos consumiu dois anos, mais de 600 mil mortes no país, e um custo econômico gigantesco, para o país, para trabalhadores e empresários.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: