NA ÚLTIMA SEMANA, média de casos de Covid em Alagoas foi 1.077; na Paraíba, 2.651!

Membros de governo da Paraíba têm se esforçado para desviar as responsabilidades do governador João Azevedo no combate à pandemia de coronavírus no estado, sobretudo durante a explosão de casos atual.

Argumentam que se trata de um problema nacional e global. Esse argumento é só parcialmente verdadeiro. Há particularidades na Paraíba, decisões tomadas pelo governo, que ajudam a explicar o descalabro atual.

Uma boa maneira de conferirmos o desempenho da Paraíba no combate à Covid-19 é comparando nossa situação com a de outros estados, levando em conta, nesse caso, o critério do tamanho da população.

O estado de Alagoas é um bom parâmetro: tem uma população de 3,3 milhões de habitantes, enquanto a Paraíba tem 3,9 milhões (dados de 2014). Se a população da Paraíba é maior em mais ou menos 20%, os números de casos e mortes por Covid dos alagoanos são muitos maiores que os da Paraíba, sobretudo se o recorte for o mês de Janeiro de 2022.

Vejam os dados abaixo, retirados dos quadros de estatísticas sobe Covid elaborados pelo Google. Primeiro, a Paraíba.

O quadro acima é auto-explicativo, mas vale a pena detalhar. Só no dia 30 de janeiro, a Paraíba registrou 3.555 casos, com 2.651 casos na média dos últimos 7 dias.

Quando comparamos com Alagoas, a disparidade fica mais que evidente, como você também pode ver acima. No último dia 31 de janeiro, Alagoas registrou 577 novos casos de Covid, quase seis vezes a menos que os números da Paraíba, que registrou 3.555 casos! Se compararmos com média de casos de Covid dos 7 dias anteriores (2.651 contra 1.077), constatamos que Alagoas registrou 1.574 casos a menos que a Paraíba!

Quer ampliar ainda mais o período da comparação? Vamos lá.

De 19 de janeiro a 1 de fevereiro, enquanto Alagoas registrou 15.204 casos de Covid, a Paraíba teve 100% a mais de infectados (30.323 casos).

O que aconteceu na Paraíba que explica essa disparidade com Alagoas?

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: