Falta água no Curimataú, mas João Azevedo continua a beber vinho na Europa.

Há mais de 20 dias, as populações das cidades de Serra Redonda e Massaranduba estão sem água potável em suas torneiras. A bomba que capta a água no açude Sindô Ribeiro queimou novamente, problema que tem se repetido ao longo das últimas semanas.

Segundo mensagens que o blog recebeu de um cidadão de Serra Redonda, que prefere não se identificar, as reclamações da população dos dois municípios à Cagepa não tem resultado em nenhuma atitude que dê um solução definitiva ao problema.

A falta d’água prejudicou a vida da população local até dezembro de 2016, quando o então governador Ricardo Coutinho inaugurou a adutora para regularizou o abastecimento de água na região. Em entrevista concedida ao jornal A União à época, a dona de casa Maria de Fátima resumiu a importância da adutora para a sua vida:

Aqui é um sofrimento por causa da falta de água. É uma luta ter que cozinhar, tomar banho, lavar roupa e executar outros serviços sem água. Nós esperamos muito por esta adutora porque ela representa o fim de um problema que já se estende há muito tempo”.

João Azevedo não parece muito preocupado. Enquanto o governador continua a curtir suas férias na Europa, bebendo caros vinhos. mas os problemas que ele deixou para trás continuam.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: