Ricardo Coutinho chama Bolsonaro de “caroneiro” e diz que é candidato ao Senado a pedido de Lula

Em entrevista concedida na manhã desta terca (03/05) à Band News de João Pessoa, o ex-governador Ricaro Coutinho revelou detalhes de sua decisão de concorrer ao Senado.

Ao ser perguntado pelos entrevistadores Cacá Barbosa e Cláudia Carvalho sobre os motivos para o petista ter optado por disputar o Senado, e não o governo do estado, Ricardo Coutinho revelou que tomou a decisão após um pedido feito a ele pelo ex-presidente Lula, em conversa entre os dois que aconteceu em São Paulo logo após Lula ter sido libertado da condição de prisioneiro política.

Segundo revelou Ricardo Coutinho, Lula argumentou que, para ser candidato e voltar a governar o Brasil, ele precisaria formar uma maioria que seja mais comprometida com seu projeto político e econômico, e evitar que adversários políticos, como Efraim Filho, ocupem a única vaga em disputa em 2022.

O candidato ao Senado pela coligação MDB-PT chamou Jair Bolsonaro, que vem à Paraíba na próxima quinta-feira (5/5) para inaugurar a primeira etapa do Sistema Adutor das Vertentes Litorâneas, um canal vai ligar o açude Acauã, em Itatuba, ao Brejo Paraibano. A obra foi realizada quase integralmente durante o governo de Ricardo Coutinho, com financiamento federal. Segundo RC, a quase a totalidade dos recursos para a construção da obra foram liberados durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff.

“Bolsonaro não colocou um centavo nas Vertentes Litorâneas. Ele vem pegar carona na obra que teve recursos liberados por Dilma Rousseff”.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: