Veneziano é contra PEC que privatiza universidades públicas; Pedro Cunha Lima se esconde

Pedro Cunha Lima foi presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados entre 2019 e 2020. O deputado federal gosta de se auto-promover difundindo a ideia de que seu mandato está a serviço das pautas da educação.

Pois bem, ontem entrou em pauta na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara a PEC 206/19,  que permite a cobrança de mensalidades a alunos das universidades públicas do país. Pela proposta, ficariam isentos apenas os alunos “comprovadamente carentes” (leia aqui).

Vasculhei as redes sociais do candidato a governador Pedro Cunha Lima (PSDB), e de seu companheiro de chapa (ex-PFL, hoje União Brasil), Efraim Filho, e não encontrei uma única linha sobre a PEC que privatizará a universidade, obrigará milhões de famílias, cujos filhos/as frequentam as universidades públicas, a pagarem mensalidades e, como consequência, obrigará a maioria deles a abandonar a instituição.

Esse é o objetivo do atual presidente, Jair Bolsonaro: acabar com a universidade pública, que ele trata como inimiga.

Veneziano é contra PEC que privatiza a universidade pública

Ao contrário de Pedro Cunha Lima, o senador Veneziano Vital fez questão de deixar claro Numa sequência de tuítes, Veneziano deixou claro de que lado está quando o assunto é a defesa da universidade pública no Brasil. O senador engrossou corajosamente as vozes que se ergueram contra essa PEC 206/19, que visa elitizar ainda mais o acesso ao ensino universitário, em um país que já tem uma das mais baixas taxas de estudantes com Ensino Superior completo. Segundo estudos da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), “apenas 21% dos brasileiros de 25 a 34 anos têm Ensino Superior completo”, enquanto a média dos países que compõem a organização é 44%. A privatização das universidades públicas só agravaria essa situação no Brasil, afentando principalmente os mais estudantes mais pobres.

No Twitter, por exemplo, Veneziano ajudou a levantar a hastag #PEC206Não, e se juntou à personalidades do mundo da educação, além de entidades estudantis como UBES e UNE. Em um dos tuítes, Veneziano foi enfático:

Precisamos valorizar nossas instituições! Essa PEC jamais terá o meu apoio. #PEC206nao

O senador e candidato a governador Veneziano Vital tem razão. Há um mito que procura desqualificar as universidades públicas brasileiras de que só os ricos frenquentam essas instituições, mais um mentira nesses tempos de fake news. Basta frequentar a UFPB para perceber o quão essa ideia é equivocada.

Como sempre, a intenção dos que defendem mais uma vez a privatização do ensinso público, que, por óbvio, também inviabiliza o acesso à pesquisa: restringir o acesso a essas instituições apenas aos que podem pagar, aumentando ainda mais o fosso entre os mais ricos e mais pobre no país já muito desigual como o Brasil.

O mundo contemporâneo não criou nenhum mecanismo mais eficiente de mudança e ascensão social dos mais pobres. Quais são as profissões que recebem melhor remuneração que não aquelas em que é exigida formação universitária? Quantos brasileiros saíram da pobreza quando, através do estudo e, na maioria das vezes, com muito sacrifício dos pais, conseguiram entrar em um universidade pública para de lá saírem advogados, engenheiros, ou seguiram carreira acadêmica para conseguir o título de Doutor, como este que vos escreve? Se as universidades públicas fossem pagas, quantos dos nossos ex-alunos teriam conseguido se formar? Quer um parâmetro? Vejam quanto custa a mensalidade em um faculdade de Medicina privada.

Ao se opor a PEC 206/19, Veneziano Vital mostra ter compromisso com o futuro do país. Já Pedro Cunha Lima revela quem realmente é a quem seu mandato representa, sendo mais um elitista favorável às privatizações, inclusive da universidade pública.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: