Depois do convite formal de João Azevedo, até quando Aguinaldo Ribeiro enrolará o governador?

Se era o que faltava — um convite formal — agora não falta mais. Ao optar por publicizar só agora a formalização do convite para que o deputado federal Aguinaldo Ribeiro disputar, em sua chapa, a única vaga para o Senado na eleição de 2022, João Azevedo pode ter finalmente acertado, após meses errando ao manter-se inerte à espera da decisão.

Um acerto tardio? Muito provavelmente, porque o resultado da espera de João Azevedo por Aguinaldo Ribeiro é esse: chegamos a junho e o governador, candidato à reeleição, não tem sequer um candidato a senador para chamar de seu. Vai ser Aguinaldo? Nem o governador sabe.

“Oficialmente, eu já fiz o convite para que ele compusesse conosco a chapa na condição de candidato ao Senado. É uma decisão pessoal. Essas coisas você formaliza, você prepara toda uma condição, mas é uma decisão, no final, de foro íntimo”, disse João Azevedo à imprensa, ontem.

Até quando João Azevedo pretende esperar por Aguinaldo Ribeiro? Eu começo a acreditar que a situação do govenrnador é tão frágil, e cada dia piora mais, que ele está disposto a esperar até o início de agosto, prazo final das convenções partidárias, o que será mais uma demosntração de fraqueza, caso realmente aconteça. 

Ao passar a bola para seu eterno candidato a candidato, João Azevedo deixa claro para o eleitorado que Aguinaldo Ribeiro só não terá a vaga de senador em sua chapa caso não queira. Dito de outra maneira, o governador expõe o que todo mundo já sabe: a dúvida de Ribeiro tem um único motivo: medo de ser derrotado por Ricardo Coutinho, que anda pelo interior ao lado de Veneziano Vital, incorporando apoios e reunindo cada vez mais gente por onde passam.

A “indecisão” de Aguinaldo tem nome. E não é o partido Republicanos com seus deputados e candidatos alegremete pendurados em duas canoas, não é Efraim Filho, não é Cícero Lucena. A indecisão de Aguinaldo Ribeiro atende pelo nome de Ricardo Coutinho, e quem andar pela Paraíba entenderá que esse medo é completamente procedente. Quer atestar essa afirmação como um fato? Basta que a nossa imprensa volte a divulgar pesquisas eleitorais — a quanto tempo isso não acontece na Paraíba? E essa avareza é carregada de receios, certamente antecipados por pesquisas internas, de que os resultados revelarão o terror para os velhos grupos que voltaram a se assenhorear do poder no estado: Lula e Ricardo disparados, Veneziano em crescimento, em constante aproximação do governador. Este tem índices de aprovação e voto são tão medíocres a essa altura do campeonato, mas plenamente adequados ao governo que faz.

Essa é outra razão que certamente potencializa o medo de Aguinaldo: enfrentar o amplo favoritismo de Ricardo Coutinho ao lado de um governador sem liderança, ao mesmo tempo defendendo um governo medíocre.

Aguinaldo sabe também que quando a campanha começar de verdade, o governo não conseguirá manter o povo distante. Com a campanha na TV, nos rádios, nas ruas, o eleitorado vai conhecer a dimensão dos graves retrocessos promovidos por João Azevedo — a situação das escolas estaduais, deixadas ao abandono nos últimos dois anos de pandemia, é só um sintoma de problemas administrativos generalizados.  

É bem provável, portanto, que o convite de João Azevedo a Aguinaldo Ribeiro tenha a intenção de apressar a decisão sobre a candidatura ao Senado. Mas, qualquer que seja ela — continuo a acreditar que Aguinaldo, um conhecedor da política paraibana, não entrará nessa barca furada, — o principal problema persistirá: a fragilidade de uma chapa liderada por um governador sem luz própria e sem realizações, um candidato ao senado que não será uma liderança estadualizada capaz de enfrentar um nome como o de Ricardo Coutinho, e um vice sem peso eleitoral no segundo colégio eleitoral do estado.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: