Gervásio Maia desmente João Azevedo sobre indicação do candidato a vice pelo Progressistas: “acordo se cumpre”

Diante dos últimos dias de silêncio da família Ribeiro, sobretudo do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, o presidente estadual do PSB, Gervásio Maia, deu declarações ontem à rádio Arapuã que tinham claramente um endereço certo: acalmar o super-poderoso presidente do Progressistas, que já decidiu e comunicou a João Azevedo que vai vai indicar o sobrinho Lucas Ribeiro para a vaga de candidato a vice-governador.

Gervásio Maia desmentiu mais uma vez João Azevedo. Ao contrário do governo, o presidente estadual do PSB confirmou o acordo para Aguinaldo Ribeiro indicar o candidato a vice na chapa de João Azevedo, fechado no último dia 15 de junho. Veja:

Veja, eu participei de um encontro com o Porgressitas no dia do fechamento da aliança (15 de junho) e ficou acordado que o nome para a ocupação da voce sairá de uma lista apresentada ao governador pelo PP. Agora, se você me perguntar, rigorosamente, pode ser ser assim, deve ser assim? Compromisso, acordo se cumpre. Agora, vamos conversando com todos da aliança, porque o diálogo, ele, realmente… é muito importante, né?

Discurso totalmente diferente do que João Azevedo te dito nos últimos 15 dias, apesar do governador ter presenciado o anúncio tanto da desistência de concorrer ao Senado quanto da decisão, tomada em reunião realizada um pouco antes na Granja Santana. Vamos relembrar esse momento glorioso?

Há uma grande probabilidade de que Aguinaldo Ribeiro tenha submergido na última semana, depois que escutou João Azevedo dizer, no seu costumeiro zigue-zague, que a indicação da vaga de vice pelo Progressistas não estava ainda decidida, mantendo acesa as esperanças do presidente da Assembleia, Adriano Galdino.

Esse episódio dá uma ideia de que o governador não sabe o que fazer. Ele chegou a contradizer o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, também do Progressistas, que afirmou, no último fim de semana, que o candidato a vice-governador na chapa governista já estaria definido: o vice-prefeito de Campina Grande, filho da senadora Daniella Ribeiro, Lucas Ribeiro. Sob pressão, o governador cuidou logo de dizer que Lucas Ribeiro era um bom nome, mas negou qualquer definição.

Desmentir o prefeito da maior cidade do estado sobre um fato que ambos sabiam ser verdadeiro, pelo menos no que diz respeito a um acordo em que Progressistas indicaria a vaga de vice, é revelador do quanto um dos interlocutores é inconfiável.

Esse fato não deve ter agradado em nada Aguinaldo Ribeiro, que, há 15 dias, se despiu de suas costumeiras vestes de apaziguador para abrir suas baterias contra as principais lideranças do Republicanos na Paraíba.

Aguinaldo Ribeiro parece ter optado por observar à distância o chrorô do Republicanos e o contorcionismo de João Azevedo para administrar uma crise inadiministrável, criada por ele mesmo, já que dois corpos não podem ocupar, ao mesmo tempo, um mesmo espaço, no caso, na mesma chapa.

E Gervásio Maia resolveu acalmar Aguinaldo relembrando o acordo feito – o acordo feito, repito. E desencorajar os anões dentro do PSB que já crescem o olho para assumir a vaga de Senador unicamente porque sabem que não se elegem deputado federal, e que está reservada ao Republicanos.

Enfim, caros e caras, João Azevedo é um desastre político total.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: