AGORA JOÃO PROMESSA EXAGEROU: Governador diz que vai asfaltar ruas de 177 cidades a um custo de R$ 1,7 bilhão!

Preste atenção na imagem acima, extraída do Instagram do governador João Azevedo. Ele informa que um programa, o Travessias Urbanas, vai investir R$ 1,7 bilhão em 177 cidades. Em sua grande maioria, são pequenas cidades que receberão asfalto em suas ruas principais. 

Agora, faça as contas comigo. Se você dividir o valor que será investido (R$ 1,7 bilhão) pelo número de cidades (177, parece mesmo conta de mentiroso), teremos um valor próximo aos R$ 9,6 milhões por cidade, não é mesmo? 

Para ter um parâmetro, pesquisei no Google o valor do km de asfalto urbano: R$ 800 mil. Considerando a média dos gastos por cidade, seriam 12 km de asfalto em cada município! Para quem é de João Pessoa, a distância entre a Praça da Independência e o Busto de Tamandaré, na orla, é de 6 km.

Considerando que a maior parte das cidades paraibanas tem uma população de até 5 mil habitantes, você chegará a conclusão do tamanho do absurdo dito pelo governador.

Enfim, ou João Azevedo não tem a menor noção do que está dizendo, ou está mentindo deliberadamente ou temos um programa superfaturado.

Quer mais um parâmetro de comparação? Os investimentos em pavimentação asfáltica de estradas, muito mais caras, feitos entre 2011 e 2016, durante os seis primeiros anos do governo Ricardo Coutinho: foram investidos mais de R$ 1,28 bilhão na construção de 2.432 km de rodovias! 

Pelo jeito, o ex-“técnico” João Azevedo envelheceu cedo demais. Notem que esse tipo de atitude é também fruto da incorporação dos velhos hábitos de uma prática política que os paraibanos pensavam ter susperado. No papel do cachimbo, as companhias entortaram a boca do atual governador. Lembremos, que, apesar dos mais de 20 anos metido na política, João Azevedo continua a se referir a si mesmo como um “técnico”. Essa postagem motra que esse discurso não se sustenta, muito menos sua matemática. 

É só um Nilvan Ferreira com mais experiência e uns quilinhos a mais.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: