Partido do vice de João Azevedo, Lucas Ribeiro, veta apoio ao PT nos estados

O Progressistas do candidato a vice-governador de João Azevedo, Lucas Ribeiro, vetou qualquer coligação com o PT nos estados na eleição de 2022. Segundo manifestação do presidente interino do Progressistas, Cláudio Cajado, nas redes sociais do partido. Segundo informou a CNN:

“O Diretório Nacional do Progressistas informa que a sigla não irá fazer coligação com o Partido dos Trabalhadores em nenhum estado brasileiro. O PP oficializou, por meio de convenção nacional, coligação com o PL e apoio à reeleição do presidente Jair Bolsonaro”.

O anúncio do veto aconteceu em razão do apoio do Progressistas ao candidato do PT ao governo do Ceará, Elmano de Freitas. A direção nacional do Progressistas resolveu intervir no diretório do Ceará para impedir o apoio ao candidato do PT, que, claro, fará campanha para Lula.

O Progressistas é um dos partidos do Centrão que compõem o tripé partidário de apoio, não só à reeleição, mas é parte fundamental da base de apoio ao governo no Congresso.

Resta saber se o veto se estende aos candidatos que já declararam apoio a Lula, mesmo que o ex-presidente já tenha anunciado apoio a Veneziano Vital, candidato a governador apoiado pelo PT.

Mais uma saia justa para João Azevedo, que deixa cada vez mais claro ao eleitor vez que vive cercado por bolsonaristas.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: