LULA EM ATO HISTÓRICO EM CAMPINA: “Na Paraíba eu tenho um candidato a governador e ele é Veneziano!”

Acabou agora há pouco, por volta das 20h, o que deve ser o maior ato eleitoral da campanha de 2022, e não apenas pelo número de pessoas presentes (veja as fotos), que lotou o Parque do Povo, também pela representatividade política e, mais ainda, pelo discurso final do convidado mais ilustre dessa tarde-noite em Campina Grande: Lula.

Não é fácil lotar o Parque do Povo, mas o povo paraibano certamente estava com saudade e ansioso para reencontrar Lula no estado que lhe deu seguidas vitórias, a ele e aos candidatos apoiados por ele, desde 2002.

Caravanas de todos os recantos da Paraíba se juntaram aos campinenses em um encontro marcada pela diversidade e pela tolerância, antecedido por um ato político que reuniu representantes de diversas religiões, que foram se expressar para dizer não ao ódio político e religioso.

Um país multicultural, sincrético e mestiço como o nosso é obrigado a viver em paz, convivendo com suas diferenças. Foi esse o grande recado dado por Lula e as lideranças religiosas que com se encontraram.

A representatividade do ato mostrou a força que tem fora das nossas fronteiras a união entre Veneziano e Ricardo Coutinho na Paraíba. Subiram e falaram no palanque o ex-senador Lindberg Farias, paraibano, o atual senador Randolfe Rodrigues, coordenador-geral da campanha de Lula, Gleisi Hoffman, presidente nacional do PT.

E, claro, Luís Inácio da Silva, que fez questão de se juntar a Veneziano no meio do palco quando o candidato a governador falava, lembrando de histórias de parcerias mais antigas, de quando se elegeu prefeito e governou Campina Grande, até a iniciativa política de ter sido o primeiro dentro do MDB a decidir apoiar Lula, movimento que abriu as portas para novas adesões.

Em seu discurso, Lula não deixou dúvida sobre suas opções na Paraíba, agora falando em solo paraibano, para uma multidão de paraibanos:

“Com a fé que eu tenho em Deus, nós vamos provar que esse país vai voltar a sorrir, nós vamos eleger Veneziano governador desse estado, e vamos eleger Ricardo Coutinho senador. E eu vim aqui para dizer para todo mundo: nesse estado da Paraíba eu tenho um candidato a governador e ele é Veneziano; eu tenho um candidato a senador, e ele é Ricardo Coutinho. E vamos ganhar para poder melhorar a vida do nosso povo brasileiro.”

Uma vacina definitiva e segura contra a campanha de João Azevedo, que insiste em confundir o eleitorado insinuando ter também o apoio de Lula.

Com esse discurso do ex-presidente, com as incontáveis fotos e vídeos produzidos, as gravações para o guia eleitoral, são um combustível que vai impulsionar ainda mais a campanha de Veneziano para o governo e Ricardo Coutinho para o Senado. Se os dois precisavam de um impulso para o começo da campanha, eles têm o de Lula que, se não ganha a eleição sozinho, ajuda muito.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: