“A MANDO DO GOVERNADOR”: Veneziano denuncia uso da Polícia Militar em ações que visam prejudicar sua campanha

Não é atribuição da Polícia Militar fiscalizar propaganda eleitoral. A não ser quando acontece algo que coloque em risco a ordem pública, a polícia não deve intervir em manifestação devidamente autorizada pela justiça eleitoral, que tem seus canais próprios para recebimento de denúncias e fiscais próprios. Não é o caso das manifestações promovidas pela coligação MDB-PT que apoia a candidatura de Veneziano Vital ao governo.

Na manhã de hoje, em Tavares, a Polícia Militar resolveu assumir por conta própria a fiscalização dos veículos de som que acompanhavam a manifestação em apoio às candidaturas de Veneziano Vital e Ricardo Coutinho. Os participantes tiveram que interromper o ato por exigência do comandante da operação. Como os policiais cumprem ordens é legítimo supor, como fez Veneziano, que essa atitude da PM siga orientações provenientes do governador candidato à reeleição.

“Vocês fazem isso para servir à candidatura do governo. Só fazem isso conosco. Vocês foram lá para Água Branca para ter contato com o comando do seu governador, que persegue vocês, para fazerem isso comigo. Faça com relação a eles?” protestou Veneziano, enquanto o comandante da operação, em pessoa, analisava detalhadamente os documentos do carro-de-som, sem encontar qualquer irregularidade.

Eis mais um retrocesso a que a Paraíba assiste, entristecida. A PM sendo usada para criar embaraços a candidato da oposição.

Veja o vídeo da abordagem policial e o protesto de Veneziano e do seu advogado.

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: