Com João Azevedo, Paraíba caiu 3 posições no Ranking de Competitividade dos Estados

A propaganda de João Azevedo tenta enganar os paraibanos com a divulgação que atribui à Paraíba o primeiro lugar no Nordeste no Ranking de Competitividade dos Estados, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP). Trata-se de uma meia verdade que tenta esconder o principal: João Azevedo no governo foi incapaz de manter o ritmo de avanços em todas as áreas da administração paraibana promovido por Ricardo Coutinho durante os oito anos do seu governo, e que levou a Paraíba ao 9º lugar entre todos os estados do país no ranking criado pelo CLP, assumindo o primeiro lugar no Nordeste, superando estados maiores em território, economia e população, como Ceará, Pernambuco e Bahia.

Desde que João Azevedo o governo, entretanto, a Paraíba perdeu três posições e termina 2022 na 12º colocação.

Ranking de Competitividade dos Estados foi criado em 2013 pela Centro de Liderança Pública (CLP), “uma organização suprapartidária que busca engajar a sociedade e desenvolver líderes públicos para enfrentar os problemas mais urgentes do Brasil” (leia aqui). O ranking tem 10 pilares: Infraestrutura, Sustentabilidade Social, Segurança Pública, Educação, Solidez Fiscal, Eficiência da Máquina Pública, Capital Humano, Sustentabilidade Ambiental, Potencial de Mercado, Inovação.

O relatório do CLP de 2022 confirma a regressão da Paraíba em quase todos os pilares analisados, já observada em anos anteriores. Dos 10 pilares citados acima, em em sete a Paraíba regrediu.

Veja o quaro comparativo abaixo:

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: