Sem se referir diretamente ao caso do ex-governador, presidente do TRE explica por que Ricardo Coutinho poderá ser votado

Em entrevista à rádio Arapuan, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, desembargador Leandro dos Santos, explicou a ansiosos entrevistadores porque, sem se referir diretamente ao candidato, o nome de Ricardo Coutinho estará na urna eletrônica no dia da eleição. Isso significa que os eleitores poderão apertar o 133, o número do candidato a senador que o ex-governador usa nessa eleição.

Segundo Leandro dos Santos, candidatos sub-júdice têm direito a recorrer às instâncias superiores de decisões tomadas na Paraíba, o que impediria a exclusão desses nomes da urna eletrônica. No caso específico do ex-governador, o eleitor poderá sufragar seu nome. Ou seja, Ricardo Coutinho continua candidato e será votado, até que o STF decida em definitivo sua situação.

Com isso, morre a última esperança de Pollyanna Dutra de herdar os votos de Ricardo Coutinho, caso ele não pudesse ser candidato. No caso de Efraim Filho, sugiro comprar logo uma bacia para colocar nela as barbas de molho.

Assista ao vídeo e escute o desembargador Leandro dos Santos explicando a situação (hipotética) que envolve Ricardo Coutinho.

Como diria Tião Lucena: É XAU!

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: