Professor denuncia que UEPB tem dívida de R$ 56 milhões com professores efetivos da instituição

O professor do Departamento de Química da Universidade Estadual da Paraíba, Juracy Regis de Lucena, publicou em sua página do Facebook uma denúncia gravíssima. A UEPB bloqueou as progressões funcionais dos professores e, portanto, deixou de pagar os acréscimos salariais devidos, que todo/a professor/a tem direito por lei. As progressões na carreira docente acontecem de dois em dois anos.

Segundo o professor, a dívida acumulada chega a R$ 56 milhões, segundo números da própria UEPB. Mesmo assim, a instituição abriu concurso para 50 vagas de docentes, o que, segundo ele, terá um impacto de R$ 7 milhões anuais.

Segundo o professor Juracy Regis, reina o silêncio entre os dirigentes e lideranças da UEPB. Por que será?

Publicado por Flavio Lucio Vieira

Professor do Departamento de História da UFPB, doutor em Sociologia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: